Pratos antigos / Antiques dishes

Hoje não são bordados tradicionais Portugueses feitos à mão, mas loiça tradicional Portuguesa pintada à mão.
Today is not traditional handmade Portuguese embroidery,  but traditional hand painted Portuguese ware.

Vou mostrar a coleção de pratos e travessas que usamos todos os Natais, desde há muitos anos. São pratos sem referência a qualquer fabricante. Possivelmente comprados em feiras, loiça de segunda escolha, com defeitos. Algumas pinturas estão um pouco mal.
I’ll show you a collection of plates and dishes that we use every Christmas for many years. Are dishes without reference to any manufacturer. Possibly bought at fairs, second choice dishes with defects. Some paintings are a little bad.

 

This slideshow requires JavaScript.

Adoro estes pratos e, por isso mesmo gosto tanto dos pratos e travessas pintadas à mão da Oficina da Formiga (facebook) e do blogue Oficina da Formiga. Como a fábrica é perto estou a pensar levar lá as minhas netas para verem como se faz a loiça.
I love these dishes and, therefore I like of both hand-painted dishes and platters from Oficina da Formiga  (facebook) and the blog Oficina da Formiga. As the factory is near I’m thinking to go there with my granddaughters and see how dishes are made.
Have a great weekend!
Bom fim de semana a todos!

Scottish Tapestries

Como sabem um grupo de bordadeiras do Porto e outro de Lisboa, este organizado pela Tayari, Borboleta Serrana (tem um blogue, mas atualmente mais presente no facebook), colaboramos na execução de dois paineis portugueses sobre o vinho do Porto, a Scottish Diaspora Tapestry.
A partir desta fantástica experiência e graças ao apoio constante da Margaret Ferguson Burns (que bordou um terceiro painel sobre um Escocês que esteve na Madeira), temos tido constante contacto com as iniciativas históricas escocesas contadas em tapeçarias bordadas. É uma iniciativa fantástica e invejável, que envolve inacreditável número de pessoas desde a conceção à execução final – pesquisa histórica, seleção desta pesquisa, execução dos desenhos – em que Andrew Crummy é uma peça fundamental, em todas as tapeçarias até agora realizadas, pelo que nos é dado perceber.

Andrew Crummer and the two Portuguese panels

Picture by Margaret Ferguson, Andrew Crummy and the three Portuguese panels 

 

 

As you know a group of embroiderers from Porto and another from Lisbon, organized by Tayari this Butterfly Serrana (have a blog, but currently more present in Facebook), collaborated in the execution of two Portuguese panels about the port wine, the Scottish Diaspora Tapestry .
From this amazing experience and thanks to the constant support of Margaret Ferguson Burns (who embroidered a third panel about a Scottish who went to Madeira) , we have been enjoying constant contact with the Scottish historical initiatives told on embroidered tapestries. It is a fantastic and enviable initiative that involves incredible number of people from conception to final execution – historical research, selection of this research, execution of drawings – where Andrew Crummy is a critical piece in all tapestries carried out so far, so the notice is given.

A Borboleta Serrana tem encontrado imensos videos e fotos, sobre várias tapeçarias e tem partilhado no facebook. Todas estas descobertas têm-nos feito um desejo enorme de voarmos até à Escócia, vermos todos os paineis ao vivo e a cores até à exaustão! E depois conversarmos com todos os Escoceses envolvidos nestes projetos. Para aprendermos como tudo isto se organiza e conjuga. Quem sabe? para, por cá, se fazer qualquer coisa do género, mesmo que em ponto mais pequenino…
The Borboleta Serrana has found immense videos and pictures on several tapestries and have shared on Facebook. All these findings have made us a huge desire to fly to Scotland, seeing all panels alive and in colours to exhaustion! And then talk with all Scots involved in these projects. To learn how this is organized and combined. Who knows? to do, here, something like that, even in a tiniest level …

Tudo para dizer que estou a tentar juntar na minha pasta do Pinterest
“Scottish Diaspora Tapestry” and other Scottish Tapestries, videos e outras fotos sobre as tapeçarias Escocesas.
Também para ver fotos fantásticas visitem o blogue da Katie  que escreve em pormenor sobre a exposição de uma das tapeçarias, que visitou recentemente: Kate Davis designs. Tenho a certeza que vão gostar. Boa semana.
All to say that I’m trying to join in my Pinterest board
“Scottish Diaspora Tapestry” and other Scottish Tapestries, videos and other photos on Scottish tapestries. To see fantastic photos also visit Katie’s blog that talks in detail about the exhibition of a tapestry that she recently visited: Kate Davis designs.
I’m sure you will like. Have a good week.

Picture by Kate Davies

Picture by Kate Davies

 

Inspirations magazine!

Há já algum tempo, a Anna Scott, então editora da revista australiana Inspirations, contactou-me a perguntar se queria fazer um pequeno projeto de bordado de Guimarães para publicação na revista. Como calculam fiquei surpreendida com este interesse, do outro lado do mundo, por um trabalho português e feito por mim, eu, je, me, myself???!!!
Vários e-mails depois, muitos mesmo, lá consegui concretizar o projeto. Mas só na segunda metade de 2013! Publicado na revista Inspirations #79 que saiu em Nov. de 2013
Como não sei fazer esquemas, tive que bordar, fotografar e editar dezenas de fotografias e ir enviando para a Austrália, sempre a perguntar se se compreendiam as explicações.
Pedi um desenho original à minha professora de Bordados de Guimarães, que, quem me segue há algum tempo já sabe, é a professora Maria do Céu Freitas. Fez um desenho lindissimo, mas estão lá todos os pontos usados no bordado de Guimarães e com os elementos minúsculos! Mas consegui. Recebi, agora, o pequeno saco tradicional de volta, para, finalmente vos mostrar.
Tenham uma boa semana!.

This slideshow requires JavaScript.

For some time now, Anna Scott, then editor of the Australian Inspirations magazine,  asked if I wanted to do a little project of Guimarães Embroidery  for publication. As you can imagine I was so surprised with this interest from the other side of the world, for a Portuguese work. And done by me, myself, je, me, myself???!!! 
Several emails later, many many, I was able to finish the project on the second half of 2013! Posted in Inspirations Magazine # 79 which came out in Nov. 2013. 
As I don’t know how to do schemes, had to embroider, shoot and edit dozens of photos and send go to Australia, always asking if explanations were  understandable.
My teacher of Embroidery from Guimarães, Maria do Céu Freitas drawn a special design. She did an absolutely beautiful design, with all the stitches used in Guimarães Embroidery but  tiny tiny elements! But I got it. I received my traditional small bag back to finally show to you.
Have a good week.

Douro again!

Rio Douro

Ao fim de 48 horas – convencida que tinha perdido a máquina fotográfica ela apareceu!
– a  carregar o telemóvel, convenci-me que morreu definitivamente!
– e o computador, não se sente nada bem…espero que escape
voltei ao Douro, onde a net é mais lenta, mas aqui vão os progressos do projeto do Galo Louco.
After 48 hours – believing I’ve lost the camera she appeared!
                        – loading my  cellphone, convinced myself it is definitively dead!
                        – and the computer does not feel any better … hopefully escaped so far. 
I’m back to Douro, where the net is slower. Here is my progress of the Galo Louco project.

1 projeto Galo Louco

1 projeto Galo Louco

Os “ós”, “ás” e “erres”são o mais difícil de fazer. Este foi o início – está péssimo.
Letters “o,a,r” are the most difficult to do. This is the beginning – is terrible.

 

2 projeto Galo Louco

2 projeto Galo Louco

Lentamente vou-me aperfeiçoando. Espero.
Slowly I’m  improving. I hope.

3 projeto Galo Louco

3 projeto Galo Louco

4 projeto Galo Louco

4 projeto Galo Louco

5 projeto Galo Louco

5 projeto Galo Louco

Até poder fazer um “ver de perto” (close-up, alguém sabe traduzir?)
Until I can make a close-up.

6 projeto Galo Louco

6 projeto Galo Louco

Tenham um bom domingo! Have a great Sunday!

Projeto para o Galo Louco / Galo Louco Project

Lembram-se desta foto? Fiquei logo entusiasmada com este painel!
Remenber this picture? I immediately fall in love with this panel!

Douturandos de Belas Artes com a nossa anfitriã, a Rita e eu

Douturandos de Belas Artes com a nossa anfitriã, a Rita e eu

Painel oferecido ao Galo LoucoAqui está o painel, todo desenhado à mão, com várias inspirações, talvez a principal seja os lenços de namoradas. Mas vemos também os corações e flores de Viana, o pássaro dos lenços e em baixo à direita um pássaro e cravo que é decididamente de Castelo Branco. Estes desenho foram pesquisados e executados por uma arquiteta Sérvia e um designer Indiano que fizeram um mestrado nas Belas Artes do Porto. As frases são maioritáriamente em Inglês e resultam do trabalho que fizeram junto da dona do Galo Louco sobre a tradição, artistas, artesãos e sustentabilidade.
Este trabalho foi uma surpresa para a dona do Galo Louco e um gesto muito simpático e com muito significado deste alunos de Belas Artes que ficará nesta loja que vende exclusivamente produtos Portugueses.

Here’s the panel, all drawn by hand, with various inspirations, the main is perhaps love kerchieves. But we also see the hearts and flowers from Viana, the bird of kerchieves on top right and at the bottom right a bird and carnation that it is definitely from Castelo Branco. These drawings were researched and developed by a Serbian architect and an Indian designer who did a Masters in Belas-Artes in Porto. The sentences are mostly in English and result of the work they did next to the owner of Galo Louco about tradition, artists, artisans and sustainability.
This work was a surprise to Galo Louco’s owner and a very nice and very meaningful gesture from the students that will remain in this store that solely sells Portuguese products.

A primeira parte  do trabalho para este projeto foi feito já no princípio de Abril.
The first part of the work for this project was done in early April.

esenho passado para papel vegetal

desenho passado para papel vegetal

 

desenho transferido para linho

desenho transferido para linho

 

desenho passado a cores para folha mais pequena

desenho passado a cores para folha mais pequena

Decidi começar pelo mais difícil deste bordado que são as frases. As letras pequenas custam bastante a bordar.
Em breve mostrarei o que já bordei, que não foi muito.

I decided to start with the harder of this embroidered the sentences. The small handwrittings are quiet difficult to embroider.
Soon will show what is already stitched, which was not much.

para mim própria / to myself

Decididamente tenho que me organizar para trabalhar no que gosto. Independentemente das mil e uma coisinhas que tenho que fazer e não me apetece nada! Obras, licenças, contas e mais contas, controlos médicos, certidões, seguros, telefonemas, cartas, deslocações, idas ao advogado.
Apeteceu-me guardar um dia da semana para bordar em grupo – vai ser à quinta-feira! Está decidido!
Queria destinar outra tarde para bordar o painel oferecido ao Galo Louco. Esta seria uma tarde passada no Galo Louco, onde poderiamos encontrar-nos para trocar opiniões.
E gostaria ainda de destinar outra tarde para aprender alguma costura básica e participar no Vintage for a Cause.
O problema é o compromisso – nunca gostei de faltar aos meus compromissos – três tardes é muito para me comprometer, pois, de repente, a vidinha fica de pernas para o ar!
Acho que vou desistir do Facebook, para não negligenciar o blogue, que tem tido dezenas de spams/dia (por causa do facebook???), que apago por junto,´sem sequer verificar! Ao contrário as visitas estão a diminuir.
O Facebook é um meio otimo para encontrar inspiração e coisas maravilhosas. Por isto mesmo faz-me gastar muito tempo porque me entusiasmo com as partilhas!
Amanhã será um novo dia!

From now on I’ll write again in English!

Definitely have to get organized to work on what I like. Regardless of so many little things I have to do and do not feel like anything! Works , allowances, accounts and bills , medical checks , certificates, insurance , phone calls, letters , travel , trips to the lawyer.
I felt like save one afternoon a week to embroider in group – will be on Thursday ! This is decided!
Wanted to devote another evening to embroider the panel offered to Galo Louco. This would be an afternoon spent at Galo Louco, where you could meet me to exchange opinions.
Still I would allocate another afternoon to learn some basic sewing and participate in Vintage for a Cause.
The problem is commitment – never liked to miss my appointments – three afternoons in a week is too much to commit to, because suddenly life is topsy-turvy !
I think I’ll give up Facebook , not to neglect the blog , which has had dozens of spams / day (because of facebook ???), which i delete by together, without even checking ! Unlike visits are declining.
Facebook is a great way to find inspiration and wonderful things . Therefore it makes me spend too much time following and sharing too much pages!
Tomorrow will be a new day!

Trish Burr tricks

Não sei escrever entradas na minha página do facebook, por isso vou escrever aqui para partilhar com todos:

estou a passar a tarde a experimentar o ponto adiante e o ponto fendido, seguindo as dicas de Trish Burr. A última entrada do blogue é sobre os contornos de formas para fazer o ponto matiz ou ponto cheio. São dicas muito pequenas mas que estão a resultar, embora esteja a experimentar para outro fim. Quem sabe sabe!

E fiquei extraordinariamente contente por uma estrela do bordado como a Trish Burr é, aconselhar o ponto adiante para contornar o ponto cheio, quando o bordo não fica 100% perfeito – é o que tenho aconselhado a quem ensino, mas, até aqui, como se estivesse a dizer uma blasfémia…, já agora o ponto pé de flor ou nozinhos pequenos e juntinhos, em formas pequenas, também aconselho ;) já que não é blasfémia posso mesmo escrever aqui :) Atenção! mas continuem a esmerar o ponto cheio – um ponto cheio perfeito é uma maravilha!

Trish Burr's Blog

Trish Burr’s Blog

I don’t know how to write entries on my facebook page, so I will write here to share with everyone:

I’m spending the afternoon trying Running Stitch and Split Stitch following Trish Burr tips. Last post is about outlining shapes to embroider Satin Stitch or Long and Short Stitch. Small tips but they are working, although I’m not outlining shapes. Who knows know!

And I was extremely pleased by reading that a star of Embroidery, as Trish Burr is, to advise running stitch outlining when satin stitch is not 100% perfect – that’s what I advise whom I teach, but, so far, as was saying  a blasphemy  … that said I also dare advising Stem Stitch or small and close French Knot, in small shapes, not only Running Stitch ;) since it is not a blasphemy can not even write here :) Warning! but continue to endeavor to the Satin Stitch – a perfect full point is a wonder!

(Acho que perdi mais fotografias do que pensava…)