Coisas curiosas / Curious things (cont. 5 III)

Para terminar esta série de experiências à volta do ponto pé de flor suspenso – assim chamado e usado no Bordado das Caldas da Rainha – (“imbotitto” em italiano) tentei executá-lo, embora não tenha nenhuma explicação nem foto. Quando estive com a Liseta Pereira vi um bordado dela com este ponto, mas não fotografei.
To end this series of experiments around raised stem stitch – so named and used in embroidery of Caldas da Rainha – I tried to do it, although I have no explanation or photo to see how to.When I was with Liseta Pereira saw this stitch in one of her embroideries, but no photo…capelista das termas - Liseta Pereira(esta foto é do facebook da Liseta – cliquem nela para verem mais fotos na sua página)
(this picture is from Liseta facebook – click on it to see more in her page)
Parece-me que a base da coroa do terceiro saco a contar da esquerda pode ser em ponto pé de flor suspenso, mas não tenho a certeza.
I guess the crown base on third bag from the left can be raised stem stitch, but I’m not sure.

Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 1Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 2Contornei uma forma com ponto pé de flor e passei os fios verticais no ponto pé de flor, com linha simples, não dupla como no Le Ruote do Punto Umbro. Não sei se é exatamente assim que se faz nas Caldas da Rainha. Será Liseta? Penso que sim.
 I went around the design with stem stitch where I’ve supported the grid with single thread, not double as in Le Ruote in Punto Umbro. I’m not sure  if it is done that way in Caldas da Rainha. Is it Liseta? I think it is.

Ao fazer este pequeno motivo, lembrei-me de fazer de outra maneira:
Making this small motif, I remembered to try  another way:
Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 3Ponto pé de flor suspenso Caldas da Rainha 4Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 5Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 6Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 7
Quer num caso, quer no outro fiz sempre o ponto pé de flor suspenso da esquerda para a direita, passando a linha por baixo das linhas verticais.
In both ways I’ve always done raised stem stitch from left to right, passing needle and thread under the vertical lines.
Ponto pé de flor suspenso - Caldas da Rainha 8Como as primeiras carreiras do ponto me parecem muito largas, intercalei mais linhas verticais, para tornar o ponto pé de flor suspenso mais pequeno.

As the first rows of raised stem stitch seem too large, I’ve done more vertical lines,so the stitch look better.
Ponto pé de flor suspenso Caldas da Rainha 9Não está perfeito. Parece-me que a primeira forma é a correta no Bordado das Caldas e fica melhor. Tem que se ter atenção às extremidades para  ficarem perfeitas, não puxando demasiado o fio.
It’s not perfect. I think the first way is the right way  in Caldas da Rainha Embroidery and looks better. We have to pay attention to the ends making them perfect, not pulling the thread too much.

Concluindo: Concluding:

A grande diferença entre a maneira como fiz o ponto pé de flor suspenso, e a Mary Corbet terá também feito, está no avesso quer no Bordado das Caldas da Rainha, quer no italiano Punto Umbro o Sorbello o Portoghese.
The biggest difference between the way I made Raised stem stitch, and Mary Corbet have also done, is on the back of embroidery either in the Portuguese Bordado das Caldas da Rainha or in the Italian Punto Umbro o Sorbello o Portoghese.
Caldas da Rainha e Le Ruote avesso 10E é tudo acerca deste tema, a não ser que queiram acrescentar algo. Sintam-se à vontade para comentar! Estes postais levaram demasiado tempo a escrever. Desculpem se ficou confuso.
And it’s all on this subject, unless you want to add something. Feel free to comment! These posts took too long to write. Sorry if it was confusing.

O mês de Agosto acabou e foi negro e triste até ao fim – o nosso país a arder e nós a perder amigos queridos.
The month of August went on sad till the last day – our country on fire and we loosing beloved friends.

Coisas curiosas / Curious things (cont.5 – II)

Tentei seguir as instruções da Giusseppa Federici no seu livro Punto Umbro o Sorbello o Portoghese
I tried to follow the instructions of Giusseppa Federici in her book Punto Umbro o Sorbello o Portoghese

Le Ruote

By Giuseppa Federici

La Ruote 1
La Ruote 2Até aqui parece-me correto – estará Giuseppa?
So far it seems correct – ist it Giuseppa?
La ruote 3Agora começa a complicação com o fio dobrado.
Now the trouble begins with the double thread.
La Ruote 4
Não gostei nada do resultado e desfiz tudo! E tentei outra vez
I dislike the result and have undone everything! And tried again
La Ruote 5Desta vez deixei espaços para poder iniciar o ponto pé de flor suspenso, mas creio que não está completamente correto…
This time I left spaces in order to start raised stem stitch, but I believe that is not completely correct …
La Ruote 6O resultado é parecido mas não igual. Deve precisar de mais carreiras de ponto pé de flor suspenso – “imbotitto” em italiano.
The result is similar but not the same. More rows of raised stem stitch are needed I believe.

Adenda: Giuseppa Federici já me confirmou que é assim que se faz. Obrigada Giusy :)
Addendum: Giuseppa Federici has confirmed to me this is the right way . Thanks Giusy :)

By Giuseppa FedericiBy Giuseppa Federici

...to be continued with the raised stem stitch of Caldas da Rainha (just missing to edit the pictures :( )
 …continua com o ponto pé de flor suspenso das Caldas da Rainha (só falta editar as fotos :( )

Coisas curiosas / Curious Things (4) or Bordado das Caldas da Rainha vs Punto Umbro o Portoguese

No início de 2012 comecei a fazer uma amostra de pontos com o objectivo de fazer uma oficina em Oeiras. Fui fazendo e às tantas, muito convencida da minha criatividade, comecei a fazer um centro de flor inovador! (pensava eu!!!)
In early 2012 I started embroidering a sampler with some stitches in order to give a workshop in Oeiras. I went on embroidering and then, very persuaded of my creativity, I started making a very new and unique flower center! (I thought!!!).
Qualquer coisa tendo isto como esquema. Something having this as pattern.
esquema

Muito original, não é?!
Very very original, isn’t it?!

Passava os fios, uns mais curtos outros mais compridos e depois faria uma espécie de tecelagem – o resultado é este:
I’ll do straight stitches, some shorter others longer then do a kind of weaving – the result is this:
after embroidering
Ainda não tinha acabado a amostra e eis que leio esta entrada da Mary Corbet! Claro que tive de comentar e fiquei a saber que, em inglês, o ponto tem nome e tudo: raised stem stitch (grande invenção a minha*…)
I hadn’t yet finished the sampler and voilá I read this entry from Mary Corbet! Of course I had to comment and learned that, in English, the stitch even has a name: raised stem stitch (my great invention* …).

Mary Corbet's photo

Mary Corbet’s photo


Quando escrevi este grande postal, sobre o ponto pé de flor, os seus vários nomes e formas de fazer, já me fui prevenindo na conclusão quando escrevi: – há três formas (até ver…) de fazer o ponto pé de flor;
When I wrote this great post about Stem Stitch, their different names and ways to do I was careful  when I wrote in the the conclusion: – there is three approaches (so far…) for stem stitch;
Mas há mais! Muito mais! But ther’s more! A lot more!
Nesta entrada Coisas Curisas 3 escrevi acerca da Giuseppa Federici, que me chamou a atenção para o facto do Punto Umbro o Sorbelo ser também conhecido, em Itália, por Portuguese, e também para o facto da enorme semelhança com o Bordado das Caldas da Rainha. E isso levou-me às Caldas da Rainha e a conhecer a Liseta Pereira.
This post Curious Things 3 I wrote about Giuseppa Federici, who drew my attention to the fact that the Punto Umbro o Sorbelo is also known, in Italy, as Portoguese and also to the great similarity between Punto Umbro and Caldas da Rainha 
embroidery . And those facts led me to Caldas da Rainha and meet Liseta Pereira.

Desta visita resultou este outro postal em que teço algumas considerações sobre as diferenças e as semelhanças entre as duas técnicas. É minha intenção continuar a escrever sobre este assunto, mas já percebi que tenho que passar uns dias com a Liseta para aprender mais sobre o bordado das Caldas da Rainha. E só então poderei escrever com maior segurança.
After this visit I’ve written this other post where I write about some differences and similarities between the two techniques. It is my intention to continue writing on this subject, but I realized that I have to spend a few days with Liseta to learn more about the embroidery of Caldas da Rainha. And only then I can write with greater security.
E a que propósito vem agora tudo isto? And what about all this now?

Precisamente porque no Bordado das Caldas da Rainha existe já  o Ponto Pé de Flor Suspenso!!! Tal como em Itália se fazem Le Ruote! Nunca tinha ouvido falar neste ponto que aparece no Bordado das Caldas!
Precisely because in the embroidery of Caldas da Rainha already exists Raised Stem Stitch!! Just like in Italy Le Ruote are made! I have never heard about this stitch which also belongs to the embroidery of Caldas da Rainha!

Le Ruote by Giuseppa Federici

Le Ruote by Giuseppa Federici

Em Itália e Portugal a técnica é a mesma, muito parecida mas não exatamente igual à maneira como a Mary Corbet e eu fizemos. Mas isto ficará para outro postal. Talvez após a tal visita à Liseta.
In Italy and in Portugal the technique is the same, very similar but not exactly the same way Mary Corbet and I did. But this is for another post. Maybe after a new meeting with Liseta.
*Ninguém descobre nada. Ninguém é dono de qualquer património cultural.
Tomei nota e aprendi a lição ;)
Está tudo feito, descoberto e escrito!
* Nobody invents anything. Nobody is the owner of any cultural heritage.
I have taken note and learnt the lesson ;)

It’s all done, discovered and written!

Bordado das Caldas da Rainha vs Punto Umbro, Sorbello o Portoghese (I)

 Graças à simpatia da Liseta Pereira da Capelista das Termas, agora também no Facebook (vão lá ver o album de fotos, que não se arrependem!), e à amizade e livros da Giuseppa Federici vou atrever-me a assinalar algumas semelhanças e diferenças entre o Bordado das Caldas da Rainha e o Punto Umbro, Sorbello o Portoguese.
Thanks to the kindness of the Liseta  of 
Capelista das Termas, now also on Facebook (go there to see the photo album, you do not regret!), and thanks to Giuseppa Federici friendship and her books I’m daring to point out some similarities and differences between Embroidery of Caldas da Rainha and Punto Umbro, Sorbello o Portoguese.

As semelhanças entre o Bordado das Caldas da Rainha
The similarities between the Embroidery of Caldas da Rainha

This slideshow requires JavaScript.

This slideshow requires JavaScript.

e o Punto Umbro começam pelos desenhos. São mais parecidos em esquema do que depois de bordados, devido a umas poucas diferenças entre os dois.
and the Punto Umbro begin just in the drawings. They are more similar in layout than after embroidered due to a few differences between them.


Além dos motivos simétricos e geométricos de folhas, flores e outros vegetais, cestos, ânforas, pássaros e outros animais, coroas e sei lá que mais! que são comuns aos dois tipos de bordado têm também em comum a profusão de arabescos.
Besides the symmetric and geometric motives of leaves, flowers and other plants, baskets, amphorae, birds and other animals, crowns and know I what more! that are common to both types of embroidery have also in common the profusion of arabesques.

As diferenças? Até agora as grandes diferenças que encontro são:
The differences? So far the big differences I found are:
1 – a espessura das linhas utilizadas no Punto Umbro (PU): usam muitas vezes linha de croché ou de renda 5, 8 e 12 de acordo com a espessura do linho e também usam muitas vezes a linha dobrada – todos os pontos adquirem um volume que o BCR não tem;
no Bordado das Caldas da Rainha (BCR) é usada a linha Perlé 8 (cá para nós eu gosto muito de fazer ponto grilhão com Perlé 5, mas não é bordado das Caldas, é claro).
1 – the thickness of threads used in Punto Umbro (PU) often use thread for crochet or lace #5, #8 and #12 according to the thickness of the linen and often use even
 double thread – all stitches acquire a volume what the BCR has not;
for Embroidery of Caldas da Rainha (ECR) Perlé 8 is used (I really like to use Perlé 5 for Ponto Grilhão/ Palestrina Stitch but it isn’t embroidery of Caldas, of course).

2 – As cores: o PU é, normalmente, monocromático (também aparecem bordados com mais que uma cor) mas tem um leque enorme de cores: bege claro, bege escuro, branco, três tons de verde, amarelo ocre e amarelo dourado, azul e cor de vinho;
no BCR utiliza-se o branco em tecidos castanhos ou cor de mel, no branco ou cru são os tons de mel, canela ou avelã: DMC 435, 436, 437 ou Anchor 477 e 478, os tons e espessura da linha torna o BCR muito, muito delicado!
2 – The colors: the PU is usually monochrome (also appear embroideries with more than one color) but has a huge range of colors: beige, dark beige, white, three shades of green, yellow ocher and golden yellow, blue and burgundy;
for ECR:  brown or honey color fabrics white is used, for beige or white linen the tones are honey, cinnamon hazelnut: DMC 435, 436, 437 or Anchor 477 and 478, tones and thread thickness makes the ECR very, very delicate!

3 – os acabamentos: no PU os acabamentos são feitos (e lindos!!!) com o punto avorio (que não sei fazer, mas vou aprender), e como nesta técnica são usados, muitas vezes, painéis unidos com este punto avorio, parecendo renda torna o trabalho muito mais leve, fazendo um efeito de transparência.
no BCR os acabamentos não podem ser nem em croché 
nem bainhas abertas, quando muito renda de bilros – os trabalhos são acabados com o que eu chamarei barrinhas, (mas devem ter outro nome) ou com franja.
3 – the finishes: in PU finishes are made (and beautiful!) with Punto avorio (don’t know how to yet, but I’ll learn), and this technique often uses panels attached with this punto avorio, the outcome makes the work look like lace, much lighter, making a transparency effect.
for ECR  finishes can be neither crochet nor open hems – may be bobbin lace – pieces are finished with what I call little bars (should have another name) or with a fringe.

 

estas três diferenças fazem toda a diferença (desculpem a redundância!)
Tudo isto aprendi com a Liseta e a Giuseppa, é claro!
Only these three differences make all the difference (pardon the redundancy!)
Liseta and Giuseppa have taught me all these, so far… 

Este postal levou-me toda a tarde a escrever (as fotos levam muito tempo a tirar e editar…), por isso um deste dias escreverei sobre as semelhanças, que são tantas!
Além disso tenho ainda muito que aprender com a Liseta e a Giuseppa – tenho que voltar às Caldas da Rainha e viajar até Itália!!! ;)

This post took me all afternoon to write (much time for making and editing pictures), so one of these days I’ll write about the similarities, which are so many!
Furthermore I still have much to learn from Liseta and Giuseppa – gotta get back to Caldas da Rainha and travel to Italy!!! ;)


Novo livro de / New book by Giuseppa Federici

Ars Aesis

Deixo-vos com as fotografias que selecionei (não foi fácil…) e que falam por si. O livro tem vários esquemas de bordado e como se fazem. Um livro belíssimo e, se o quiserem, enviem um email à Giuseppa.
I‘ll show you the pictures I’ve chosen (it wasn’t easy…) – they talk by themselves. The book has several diagrams of embroidery and how to do. It is a wonderful book and if you want it you can write an email to Giuseppa.
almofadaalmofada 2samplersAlgumas almofadas de uma beleza extraordinária!
Some wonderful pillows!
step by stepExemplo de uma página de instruções.
An example of a step by step directions.
borlaborla 2E as minhas preferidas – estas borlas! Também com instruções. Não sei se me atreverei a fazê-las algum dia. Mas são lindas, lindas, lindas :)
And my favorite ones – these tassels! With directions as well. Don’t know if I dare to try them someday. But are beautiful, beautiful, beautiful :)
toalha em linho portuguesE nem sequer falta uma toalha de mãos em puro linho caseiro português!!!
Aliás, no prefácio deste livro, a Giusy refere as pesquisas que fez sobre o Bordado das Caldas da Rainha e sua influência na técnica do bordado italiano conhecida como Punto Umbro o Sorbelo o Portoghese, como já referi em postais anteriores.
Nor even missing a hand towel in pure Portuguese homemade linen!!!
Indeed, in the preface of this book, Giusy refers the research she did about embroidery  of Caldas da Rainha and its influence on Italian embroidery technique known as the Punto Umbro o Sorbelo o Portoghese, as I mentioned in the previous posts.
O livro termina com um pequeno projecto de Buratto Sfilato, que também se faz cá pelo norte de Portugal e que penso poder traduzir por Bordado Filé* e Bordado Crivo (que as brasileiras também fazem e publicam – nós não…). Há crivos diferentes: de Viana, de Guimarães, de Nisa e há mais.
The book ends with a small project of Buratto Sfilato, which is also done at north of Portugal and I think I can translate to Bordado Filé e Bordado de Crivo (the Brazilian also do and publish – but we don’t publish anything …). There are different Crivos: from Viana, Guimarães, Nisa and more.

*notem que os três comentários a este artigo são de brasileiras ;)
*note the three comments in this post are from Brazilians ;)

Maravilha! / Marvel! Meraviglia!

livro Punto Umbro o Sorbello

Recebi, há dias, o livro Punto Umbro o Sorbello, da Giuseppa Federici! É uma beleza, uma maravilha. O livro é escrito em italiano, mas, para nós portugueses, se lermos o italiano em voz alta faz tudo muito mais sentido – compreende-se muito bem. Hoje está um dia lindo e posso fotografá-lo.
A few days ago I received the book Punto Umbro o Sorbello by Giuseppa Federici! It’s a beauty, a marvel. The book is written in Italian but if you read Italian aloud all makes much more sense for us Portuguese – we understand very well. Today is a beautiful day and I can photograph it.
livro

Ao contrário do que tinha dito no meu postal anterior, o Punto Umbro o Sorbello o Portoghese, não é propriamente um ponto mas uma técnica. A Giuseppa e eu temos trocado vários emails (o que é ótimo para eu aprender italiano – até já corrijo o google!).
Na verdade, é uma técnica que inclui uma série de pontos, que a Giuseppa  me enviou com a tradução já em Português:
“Em bordados Umbro ou Sorbello ou Português são utilizados, entre outros, os seguintes pontos:
Ponto de recorte espacçado,  na Itália é chamado – punto festone rado o punto pettine
Ponto pé de flor            -punto erba
Ponto formiga               -punto rilievo semplice
Ponto margarida           -punto margherita
Pequenos ilhos Abertos – punto inglese
Ponto lanciçado           -punto lanciato
Ponto  de galo          -punto strega”

Guisy também me falou de um “punto “ricciolino“, usado em vez do ponto coroa (usado nas Caldas da Rainha) mas cada vez menos usado na Itália – como a Guisy, também ainda não o encontrei em nenhum dos livros que tenho e não sei a tradução.

Unlike what was said in my previous post, Punto Umbro or Sorbello or Portoghese, is not exactly a stitch but a technique. Giuseppa and I have swapped several emails (which is great for me to learn Italian – can you imagine? I still fix google!).
Actually, it is a technique that includes a number of stitches that Giuseppa sent me with the translation in Portuguese (I’ll add English translation):
“In Punto Umbro or Sorbello or Portuguese Embroidery are used, among others, the following stitches:
punto festone rado o punto pettine – Blanket stitch or spaced Buttonhole stitch
punto erba – stem stitch
punto rilievo semplice – Sham hem stitch
punto margherita – Lasy daisy
punto inglese – Eyelet
punto lanciato – Straight stitch
punto strega  – Herringbone stitch”
Giusy also told me about a “punto” ricciolino “used instead of ponto coroa (used in Caldas da Rainha) but used less and less in Italy – like Giusy I’ve not found it in any of the books I have nor I know the translation.

amostra de pontos Punto Umbro o Sorbello

Mal posso esperar por começar a fazer esta maravilha de amostra de pontos e um dos esquemas do livro! Mas antes de começar esta amostra, queria muito fazer uma outra com o ponto grilhão e o ponto coroa juntos e talvez mais uns tantos para comparar. Mas isso só poderá acontecer depois do Natal – assim como uma ida às Caldas da Rainha…
Can’t wait to get started on this marvel stitch sample and also one of the projects in the book! But before want starting a sample with Palestrina stitch and Ponto Coroa  together, maybe a few more just to compare! But it can only happen after Christmas – as well as a trip to Caldas da Rainha …

Enviei à Giusy (além de duas revistas de Arte e Ideias) a cópia do livro que encontrei na Biblioteca do Porto – O Bordado das Caldas ou Bordado da Rainha D. Leonor, um trabalho de Mário Tavares, com apoio técnico e ilustração de Idalina Lameiras (1999). O nome de Idalina Lameiras aparece-me sempre associado ao Bordado das Caldas – há uns dois ou três anos, já nem sei bem como, obtive um endereço eletrónico para a contactar, mas nunca recebi qualquer resposta.
Giusy acha que deveríamos contactar o autor deste livro, para lhe dizer que este bordado só aparece no século XIX, em Itália, com o nome Sorbello o Portoguese, não podendo, acredita ela, ter sido trazido de Veneza no séc. XVII – restam as hipóteses de influência indiana ou espanhola – se alguém tiver uma dica para o contactar, pode comentar ou mandar-me um email – ficaria muito grata!
I’ve sent Giusy (plus two magazines of Art and Ideas) a copy of the book I found in the Library of Porto – Embroidery of Caldas or Embroidery of Queen D. Leonor, a work by Mario Tavares, with technical support and illustration of Idalina Lameiras (1999). The  name Idalina Lameiras appears always associated with the embroidery of Caldas –  two or three years ago, don’t remember how, I got an electronic address for a contact, but never received any response.
Giusy thinks we should contact the author of this book, to tell him that this embroidery appears only in the 19th century, in Italy, named Sorbello o Portoguese and therefore she believes it can’t have been brought from Venice in the 17th century – left the chances of Indian or Spanish influence – if anyone has a tip can comment or send me an email – I would be very grateful.

Voltando ao livro da Giusy
Back to Giusy book
Punto Umbro o Sorbello - pontos, acabamento e esquemas

O livro tem lá tudo: todos os pontos usados, fotografados passo a passo; todos os acabamentos, fotografados passo a passo; e tem 35 (!) esquemos/projectos muito bem fotografados e um alfabeto inteirinho!!! O italiano é fácil de entender (para nós), mas olhando as fotos também se lá chega, não sendo a primeira vez que se pega na agulha, é claro! O resultado é belissimo!
Um grande Muito Obrigada, cara Giusy!

The book has everything there: all the stitches used, photographed step by step, all the so pretty finishes, photographed step by step, and have 35 (!) schemes / projects very well photographed and a whole alphabet!!! Italian is easy to understand (for us), but looking at the photos you understand the how-to, certainly not being the first time you catch a needle! The result is very beautiful!
A Big Thank you, dear Giusy!

Coisas curiosas / Cose Curiose* (3)

*Hoje, com a ajuda do Sr. Google vou escrever este postal em italiano e português (já vão perceber porquê)
*Oggi, con l’aiuto di Mr. Google scrivere questo post in italiano e portoghese (gia vedrete perché)

by Giuseppa Federici

 Circa due anni fa ho scritto un post con una sorte di lista e mettere il libro Nappe e Pendagli di Giuseppa Federici.

È possibile quindi calcolare la mia sorpresa quando, pochi giorni fa, ho ricevuto un commento sul mio post su Ponto Grilhão con un nome simile. Non che fosse lo stesso A Giuseppa Federici!!! Certo che era stata onorata.
Ci siamo scambiati e-mail e domande su come, oggi, ha fatto il ponto grilhão a Caldas da Rainha. E ‘che in Italia, il nostro ponto grilhão si chiama Punto Umbro o Sorbello o Portoghese!  (Si prega di leggere questo articolo per la correzione della mia affermazione)Giuseppa sapeva che questo punto appare molto nel Ricamo a Caldas da Rainha.
Sono andato alla Biblioteca a fare qualche ricerca e ho condiviso con lei quello che ho trovato – che non era molto … – Ma è mia intenzione fare alcuni contatti e persino andare a Caldas da Rainha, studiare un po più.
Devo anche fare qualcosa con ponto grilhão e con ponto coroa – punto corona – (punto antico di Caldas) a, con l’aiuto di Giuseppa trarre conclusioni su questi punti e la loro história. Prometteva, Giuseppa!

by Giuseppa Federici

Há cerca de dois anos escrevi um postal com uma espécie de whishing list em que, logo em primeiro lugar, punha o livro Nappe e Pendagli da Giuseppa Federici.
Podem, portanto, calcular o meu espanto quando, há dias, recebi um comentário no meu postal sobre o Ponto Grilhão com um nome idêntico. Não é que era mesmo A Giuseppa Federici! É claro que fiquei honrada.
Trocámos emails e a pergunta sobre como é, hoje, feito o ponto grilhão nas Caldas da Rainha. É que, em Itália, o ponto grilhão é chamado Punto Umbro o Sorbello o Portoghese!  (Por favor, leiam este artigo para correção desta minha afirmação). 
A Giuseppa já sabia que este ponto aparece muito  no Bordado das Caldas da Rainha.
Fui à Biblioteca Municipal do Porto fazer alguma pesquisa e partilhei com ela o que encontrei – que não foi muito… – mas é minha intenção fazer alguns contactos  e ir mesmo às Caldas da Rainha, investigar um pouco mais.

Tenho, também, que fazer um bordado com ponto grilhão e o Ponto Coroa (ponto antigo das Caldas) para, com a ajuda da Giuseppa tirar alguma conclusão sobre estes pontos e aua história.Fica prometido, Giuseppa!

by Giuseppa Federici

The internet is a marvel;     Internet è una meraviglia

Foi autorizada a publicação das fotos pela própria Giuseppa Federici, muito obrigada!
Esso ha autorizzato la pubblicazione delle foto per il propria Giuseppa Federici, gazie mille!
Giuseppa Federici has authorized the publication of her photos, thank you so much!